quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011





Vai chegar um momento em que seu passado parecerá uma eternidade. Vai chegar um momento onde seu futuro parecerá um buraco negro. Mas vai chegar um momento onde você não vai poder esperar pela eternidade e onde buracos negros terão de ser apenas sombras.. por que no agora não há tempo para isso.. não há tempo para perder. Então não importa onde se perdeu.. essa é a hora de voltar para superfície e enfim se entregar ao verbo viver..


//Olivroquenaotinhanome;

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011


Rendido estou àquilo que não posso vencer. Não caido de joelhos, pois ainda tenho em mim tudo aquilo que acredito.

//Olivroquenaotinhanome;

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011





A calma desce sobre você. O tempo passa sem que você note. Naquele instante você se sente em paz. O estado de paz não é permanente. Acontece em momentos. Sempre escapando. Vai embora antes mesmo de sabermos que estava lá. 


//Olivroquenaotinhanome; Greys.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011


Nem sempre é possivel, mas as vezes com algumas palavras você pode salvar o mundo. Não o mundo inteiro, mas o mundo de alguém, alguém que é especial para você.


//Olivroquenaotinhanome;

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Momentos raros.





Existem coisas que fazem o tempo parar.. olhares, sorrisos, abraços.... Mas existe uma coisa mais poderosa do que todas essas. Quando você se olha de dentro pra fora, do fundo da alma pro raso.. nesse instante você para o tempo de todo o mundo. Nesse instante algo magico te toca e você volta a acreditar que ainda é possível fazer qualquer coisa.


//Olivroquenaotinhanome;

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011



Qualquer que tenha sido seu erro, permita-se. Perdoe-se. Ignore as leias da gravidade e levante-se. O mundo não te espera.