segunda-feira, 3 de dezembro de 2012




No final, a gloria é o que menos importa, vencer ou perder são coisas que não passam na cabeça.
O que fica lá o tempo todo, são os erros, os pensamentos vão e vem nebulosos, perdidos em si mesmos, nada faz sentido e você só quer falar, e tentar consertar tudo de uma vez. Mas não, não há mais nada pra ser consertado, e isso é o que mais incomoda. 
O quarto agora está vazio, só o vento conversa. Suas palavras estão mudas, e seus olhos estão tristes.
O espelho parece o lugar mais tranquilizante para estar, quando olha seus olhos é como se pudesse conversar com sua alma .
O erro me trouxe de volta da minha fantasia, um choque brutal de realidade me lembrando que sempre podemos recomeçar, que tudo que precisamos ter é calma, é força e um pouquinho mais de fé.
Mas como conseguir essas qualidades quando se está tao sozinho e vazio?
Pois bem, de uma forma incrivelmente maluca, a dor vai passar, e quando você não suportar mais, e ela ainda estiver lá, vai descobrir que ainda pode suportar. O segredo é deixar ser.

//Olivroquenaotinhanome;

sábado, 10 de novembro de 2012


De uma gota de amor, se faz um oceano de felicidade.

//Olivroquenaotinhanome;

Os dias parecem estar ficando cada vez mais escuros, e enquanto isso acontece, nós assistimos os últimos raios de sol serem desperdiçados, porque ninguém quer se levantar, ninguém quer ser responsável por esse caos absurdo que se divaga e destrói lentamente o pouco de esperança que cada homem trás em seu coração.

//Olivroquenaotinhanome;

sábado, 13 de outubro de 2012



A certeza é quase pior que a duvida.

//Olivroquenaotinhanome;


E se no fundo nunca fomos nós, digo não a sós, digo um nós de dentro, de eu pra mim.. Falo de nós agora como eu e você, porque plenamente sei que nós, nunca poderia ter sido a sós.

//Olivroquenaotinhanome;

quarta-feira, 10 de outubro de 2012


Não importa o tamanho do sonho que se tem, mas sim a força com que se luta por ele.

//Olivroquenaotinhanome;

Havia uma menina que não tinha nome, uma menina que não podia ser vista, ela se escondia por de trás de seus super poderes.
Seu destino, era não ter destino. Seu destino era salvar sonhos, salvar corações, salvar o mundo.
Mas houve um dia que algo lhe fez querer ter um nome, lhe fez querer ser vista, lhe fez querer voar, voar sem medo.. pois só assim ela poderia sentir. Só assim poderia ser vista.
Então, ela subiu no mais alto penhasco, e durante horas o encarou, pensava consigo: - Os homens falam de amor, mas não sabem amar. Os homens falam de compreensão, mas são cruéis. Os homens falam de verdade, mas mentem.. e eu eu falo de vida, mas não vivo.
No mais profundo silencio, fechou os olhos e saltou.
Estava decidida a entregar-se a humanidade, entregar-se a vida mortal.
Não podia mais andar de mãos dadas com a solidão, não podia mais chorar, sem ninguém para lhe abraçar..
Um dia ela entendeu, que o amor pode vir de diferentes formas, e ter diferentes significados. Que as vezes a compreensão vem em forma de crueldade, e que as vezes algumas mentiras são a maior prova de amor que se pode dar.
Não podia mais viver ali, ela não entendia daqueles sentimentos.
De joelhos, sobre o mesmo penhasco ela implorou a misericordia de Deus..
Fechou os olhos novamente, e atirou-se no penhasco..
De repente um vulto a segurou nos braços, a colocando em terra firme.
Seus olhos não podiam acreditar no que viam..
Era um outro alguém, sem nome, sem sombra, e com super poderes.
Em um minuto eterno de silencio, ela chorou, chorou como nunca havia chorado antes..
Durante toda sua vida acreditou estar só, saltou para morte sem medo, e viveu para contar.
Ao ver isso, o vulto a abraçou, colocou sua cabeça em seu ombro, acariciou seus cabelos e disse:
- Eu estava de joelhos ao seu lado, todo esse tempo... mas você não podia me ver. Eu vi a sua dor, seu desespero e no instante que você decidiu se jogar, eu pulei para salvar sua vida, porque você me tocou, me fez sentir, você me salvou de um mundo de escuridão, um mundo vazio, um mundo sem vida.
E agora eu sinto, não sei o que é isso que sinto, mas algo dentro de mim esta queimando..


//Olivroquenaotinhanome



Perdoar é a coisa mais difícil, mas porem uma das mais nobres, é abrir mão de um pedaço de ódio, por um de liberdade.

//Olivroquenaotinhanome;

Cair em cima dos próprios princípios, afogar-se na na própria salvação, morrer da própria gloria e das cinzas, enfim renascer.

//Olivroquenaotinhanome;


O quarto agora está vazio, só o vento conversa. Suas palavras estão mudas, e seus olhos estão tristes.
O espelho parece o lugar mais tranquilizante para estar, quando olha seus olhos é como se pudesse conversar com sua alma 


//Olivroquenaotinhanome;

domingo, 9 de setembro de 2012




Nascemos, crescemos, evoluimos e morremos, mas algumas pessoas infelizmente apenas, nascem, crescem e morrem.


Olivorquenaotinhanome;

domingo, 26 de agosto de 2012




Onde estiver seu coração, estará sua força; e onde há um homem com forças, jamais ele poderá ser vencido.

//Olivroquenaotinhanome

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

sábado, 4 de agosto de 2012



As coisas que não tem porquês, sao as que simplismente são. E as coisas que simplismente são, são as mais verdadeiras.


//Olivroquenaotinhanome;

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

segunda-feira, 30 de julho de 2012


Você não pode segurar meu coração, sem a intenção, não de ama-lo, mas de faze-lo feliz.

//Olivroquenaotinhanome;

sábado, 28 de julho de 2012



Acreditar, porque sem acreditar é impossível realizar qualquer coisa.
Coragem, por que sem coragem, acreditar não vale de nada.
E força, por que de nada vale a coragem, se não tiver forças pra continuar.


//Olivroquenaotinhanome;

quinta-feira, 26 de julho de 2012


Abraço então, o mundo, sua literatura, sua maldade, suas pessoas, suas diferenças, suas crenças e descrenças. E acima de tudo o seu amor.


//olivroquenaotinhanome;



  • Voce me dizia que o destino era como um céu cheio de estrelas, que essa luz que hoje eu via, ela estava lá esperando, viajando , para que eu pudesse ve-la.
    E na hora exata eu olharia para o céu, e a gente se encontraria.
    Como se o destino fosse algo que eu já houvesse escolhido.. 
    e eu havia escolhido ver o brilho daquela estrela.
    Como se o destino fosse algo que me ensinaria, e nao algo que eu seria obrigada a viver.
    Eu poderia escolher, entre ver o brilho e vive-lo, ou só ve-lo e depois partir.

    //Olivroquenaotinhanome;


Precisamos constantemente, de algo, que nos faça lembrar de nossos valores, de nossas alegrias e nossas tristezas.. para que haja sempre um equilíbrio.




//Olivroquenaotinhanome;

segunda-feira, 23 de julho de 2012


A musica é a mistura do que existe de mais belo no mundo; sentimentos.


//Olivroquenaotinhanome;




Grite ao mundo sua razão de ser, e seja !


//Olivroquenaotinhanome;


Um homem carregava seu coração em suas mãos, e muitos não o entendiam. Aquele era um homem de coração aberto.. quando o questionaram sobre o coração ele sorriu e respondeu: Carrego este coração, para sentir tanto o amor, quando o ódio, tanto a indiferença como a reciprocidade, para sentir tanto o sopro da vida, quanto o sopro da morte.. carrego este coração porque não tenho medo da vida.




//olivroquenaotinhanome;

segunda-feira, 2 de julho de 2012

segunda-feira, 25 de junho de 2012

sexta-feira, 22 de junho de 2012

segunda-feira, 4 de junho de 2012





Todos os meus amores se foram levando partes diferentes de mim. Todos eles foram devastadores.. e divinos. Todos eles me ensinaram coisas diferentes. Me tornaram mais mulher, mais forte e mais sábia. Todos eles me ensinaram que a fé o amor a paciencia e a confiaça são virtudes fascinantes que podem ser aprendidas. Todos eles me tiraram noites de sono, mas todos eles já me deram eternidades em segundos.. Eu amei tanto nessa vida, eu fui, eu sou e ainda serei muito feliz e tudo porque Deus coloca as pessoas certas. nos lugares certos, nas horas certas para tornar nossas vidas uma infindade de aprendizado . (Monte Verde, Caroline)

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

 

Você dá a palavra perdão a alguém, talvez para que essa pessoa não sofra.. mas em algum lugar de voce, ainda se pergunta.. como perdoar isto?

//Olivroquenaotinhanome;

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Eu nunca tive medo de sofrer..meu medo é fazer com que as outras pessoas sintam a mesma dor que eu sinto.
 //Olivroquenaotinhanome;

 No final, não há nada mais na vida do que o amor.
 
//Olivroquenaotinhanome;


Não importa o tamanho da sua dor, ou de que altura caiu.. ou se não tem ninguém pra segurar sua mão.. nada disso importa, por que mesmo que me mande embora eu ainda vou estar aqui

//Olivroquenaotinhanome;


Como os fortes vao saber que sao fortes se não existirem os fracos?


//Olivroquenaotinhanome;



O que sinto passou do ponto de ser saudade. O que sinto agora, já faz parte de mim.
//Olivroquenaotinhanome;

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012




Desculpa, desculpa se não soube esperar, se enlouqueci, se não tive calma, é que eu só tinha pressa de ser feliz.


//Olivroquenaotinhanome;

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012


Precisamos deixar, perder, cair, sofrer e morrer ... perder a bondade, a paciência, a alegria, a fé e por fim a coragem... E ai sim, talvez encontremos uma dessas coisas.


//Olivroquenaotinhanome;

Por que quando se ama, se entrega por inteiro.



Todos dizem que temos que sentir com o coraçao.. Mas sentir vai muito além do coração.. Nao se ama só com o coraçao e essa ditadura de "pense com a cabeça e nao com o coraçao" é furada. Tem que se pensar com o corpo todo, com cada molecula. Por que quando se ama, se entrega por inteiro.

//Olivroquenaotinhanome;

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012



Em pé, com lagrimas nos olhos e orgulho nas maos.. um orgulho vermelho e pulsante. Ele tinha meu coraçao

//Olivroquenaotinhanome;.

A saudade pode ser salgada, pode ser doce, pode ser gostosa, alegre ou triste, mas uma coisa é certa.. Toda saudade uma hora vai doer.

//Olivroquenaotinhanome;


O tempo nao cura tudo, isso é uma verdade incontestavel.. mas o tempo ele tá oportunidade de crescer e ficar forte e enfim, curar-se sozinho.

//Olivroquenaotinhanome;

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012


Ou você é forte, ou se torna forte.Não há espaço pra fraquezas nesses dias tão cinzas;


//Olivroquenaotinhanome;

sonhe mais, fale menos, sinta mais e pense menos.


O universo te leva pra viver aquilo que voce realmente quer, aquilo que voce sente bem lá no fundo.. e nao aquilo que voce diz querer. Então sonhe mais, fale menos, sinta mais e pense menos e quem sabe assim você nao seja feliz.


//Olivroquenaotinhanome;

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

domingo, 15 de janeiro de 2012



Do sempre para sempre vou ser criança. Do banho até a janela. Aquela janela que me separa da chuva. E hoje nao tem sol, nao vou poder brincar lá fora.
Do sempre para sempre vou ser sempre gente grande. Da faculdade até o escritorio. Aquele escritorio que tem uma janela, que me separa do lado de fora. Hoje está sol e eu nao posso brincar.
Do sempre para sempre vamos dançar em cima de nossas cabeças e vamos dar as mãos, porque nós temos os mesmos sonhos e usamos a mesma cor de pijama.
Do sempre para sempre, melhores amigos nunca se vão.
Do sempre para sempre, infelizmente o nunca existe.. mas nao importa porque, para sempre vou estar correndo do lado de fora da janela.



//Olivroquenaotinhanome;

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012


A verdade mais universal de todas, é que não existe uma só verdade . Há sempre uma nova forma de pensar, um novo jeito de ver as coisas.


//Olivroquenaotinhanome;


Existe um sorriso bobo que cativa todos nós... é aquele sorriso de céu, de flor, de beijo, de vento.. aquele sorriso de vida sabe?


//Olivroquenaotinhanome;

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012


É como procurar um tesouro.. não da pra saber o que vai acontecer.. a gente pode ter fé ou esperança mas ainda sim nunca vai dar.